Edição de 2 Anos - Og Maciel: Red Hat

Og Maciel: Red Hat

Usando um velho cliché, realmente parece que foi somente ôntem que eu e o Evandro, um dia batendo papo pelo Skype, resolvemos iniciar um programa de podcast para entrevistar as personalidades do mundo de software livre brasileiro, e tentar conhecer um pouco mais sobre os "bastidores" de suas vidas, seus gostos e desgostos. A idéia era fazer algo diferente e tentar passar para os ouvintes um pouco das coisas que afetaram a vida das pessoas que muitos só conhecem através de perfís online ou e-mails em listas de discussões... enfim, um podcast "bom para castálio"! Passados 50 episódios, no dia 16 de fevereiro este projeto completou 2 anos de vida!

Para comemorar este nosso marco histórico, resolvi atender os pedidos de alguns ouvintes e tentar novamente publicar uma entrevista comigo mesmo! Para as pessoas que acompanham o podcast, vocês devem se lembrar que o nosso episódio piloto foi comigo também, numa época onde ainda estávamos explorando um formato e testando as tecnologias que iríamos usar. Naquela época nem existia o Top 5 ainda! Então, uma vez que decidi fazer a entrevista "Part 2", eu precisava encontrar alguém para me entrevistar, já que o Evandro não participa desde o terceiro episódio. Duas pessoas se prontificaram a desempenhar este papel, todos eles amigos que me conhecem há alguns anos e mais que capazes de fazer perguntas interessantes... e no final eu pedi ao meu amigo KurtKraut (que já foi entrevistado aqui) para me entrevistar.

O nosso bate-papo, que foi publicado ao vivo pelo Youtube, rolou por mais de 1 hora, e durante estes 60+ minutos conversamos sobre a origem do meu nome, como que eu vim parar nos Estados Unidos há 21 anos atrás, minha carreira como programador, minha vinda para a Carolina do Norte, sobre o Ubuntu, compilando kernels, trabalhando na Red Hat, privacidade, e meu Top 5!

Bastidores: quando gravamos a entrevista, nós tivemos que lutar contra alguns problemas técnicos e depois de muita tentativa tivemos que fazer uma decisão importante: ou gravar a entrevista somente por áudio usando o Skype e não ter o vídeo, ou gravar o vídeo mas sem que a voz do KurtKraut fosse gravada! No final das contas, esprememos nossos cérebros e conseguimos fazer as duas coisas juntas. No vídeo vocês escutam a voz do Kurt saindo das caixas de som do meu laptop, enquanto conversávamos pelo Skype usando outro sistema! :)

Top 5


Comments

comments powered by Disqus