Júlio Monteiro: JobScore

Júlio Monteiro: JobScore

Depois de ter falado um pouco com pessoas que usam Python ou Django no seu dia-a-dia, eu decidi entrevistar alguém que trabalha com o framework Ruby on Rails para este episódio! Dentre as pessoas que eu conheço (online e pessoalmente) o nome do Júlio Monteiro foi o primeiro que passou pela minha cabeça.

Eu e o Júlio nos conhecemos na época que participávamos da comunidade Ubuntu Brasil, mas desde então eu tinha perdido um pouco de contato com ele, até descobrir que ele estava trabalhando para a JobScore com Ruby on Rails. A JobScore que tem sua sede em San Francisco na Califórnia, fornece um serviço de gestão de currículos, trabalhos e candidatos para aquelas companhias que querem contratar alguém mas não querem lidar com o processo de publicar as ofertas de trabalho ou gerenciar todos os e-mails que sejam enviados.

Durante nosso bate-papo, o Júlio então conta a sua jornada até a JobScore, tudo começando com uma queda da escada de sua casa! Depois de aprender HTML com uma revista que sua mãe comprou, ele tomou o gosto pela programação para web, e desde então não parou mais. Conversamos sobre como ele administrava aulas de Ruby, por que usa Ruby on Rails, seu dia-a-dia na JobScore, sua experiência em San Francisco, como que as companhias por lá dão mais valor aos empregados, e o seu Top 5!

Escute Agora

Resumo

  • Apresentação 00:44
  • Tudo começou com uma perna quebrada 02:00
  • Programação com web e um tal de Linux 04:53
  • O caminho para Ruby 08:47
  • Ganhando dinheiro 15:08
  • JobScore 19:15
  • Dia a dia 24:00
  • Heroku 27:00
  • Na Califórnia é diferente 28:00
  • Top 5 34:00
  • Conclusão 42:10

Top 5

Tags

blink cadê? companhia startup continuous integration daft punk daniel h. pink django drive fábio kung fisl 2004 flipboard four tet game of thrones github github drinkup gotan project hacker news hayao miyazaki henrique bastos heroku howl's moving castle html instapaper ipad javascript júlio monteiro job board jobscore justice kraftwerk linux malcolm gladwell mato grosso meetups mongodb outliers pat metheny group pedro belo penguin cafe orchestra professor marco andré programação php programação python programação ruby qa rails br royksopp ruby on rails symphony tanghetto the big bang theory the it crowd the tipping poing turbogears ubuntu brasil walking dead windows

Comments

comments powered by Disqus