Caike Souza: Envy Labs

Caike Souza: Envy Labs

Nem parece que já passaram duas semanas desde o último episódio, mas mais uma vez tive o prazer de entrevistar uma pessoa prá lá de interessante e divertida: o Caike Souza! Foi durante a minha entrevista com o Henrique Bastos que eu fiquei sabendo sobre ele, mas foi somente esta semana que eu fui saber que ele trabalha na Envy Labs desde 2009 lá em Orlando, na Flórida. A companhia parece ser super bacana e está por trás de vários projetos bacanas, como o Rails for Zombies, Code School e TryRuby.org.

A primeira coisa que fica bem evidente sobre o Caike é que ele realmente curte muito o que faz, tem muito orgulho de onde trabalha, e é super humilde e divertido! Ele fala que programação é uma arte, e esta combinação de paixão pelo que faz e arte fica bem aparente nas coisas que ele faz! Durante nosso bate-papo conversamos sobre como que ele foi parar em Orlando na Envy Labs, quais companhias que usam a usam os serviços deles (e os motivos pelas quais terem escolhido isso), sua participação na conferência RailsConf 2012, sua banda de rock "Heroes Will Fall", a história por trás do projeto Small Acts Manifesto e até mesmo seu Top 5 de pessoas para seguir no Twitter!!!

Fábio Kung e Pedro Belo: Heroku

Fábio Kung E Pedro Belo: Heroku

Olá pessoal e sejam bem-vindos à mais um episódio, desta vez com dois convidados: Fábio Kung e Pedro Belo, que atualmente trabalham na companhia Californiana Heroku! Se você escutou os dois últimos episódios, você deve se lembrar que eu mencionei sobre esta companhia com o Henrique Bastos e Júlio Monteiro, e como que eu tenho usado os serviços que eles oferecem para hospedar e rodar alguns dos meus projetos. Então quando o Júlio se ofereceu para me apresentar ao pessoal da Heroku eu aceitei na mesma hora!

Nosso bate-papo foi super divertido, e mesmo com os três fusos de horário diferentes (o Fábio na California, Pedro no Texas e eu na Carolina do Norte) conseguimos conversar sobre vários assuntos, incluindo uma explicação sobre o que significa Plataforma como Serviço (PaaS), o que a Heroku tem para oferecer comparado com a competição, contratações no mundo do software livre, vida no exterior, caipirinhas, bicicletas, ping-pong e mais!