Episódio 55: Editor Vim

Episódio 55: Editor Vim

Depois de um longo e tenebroso inverno, estamos de volta ao ar, desta vez para ficar e com algumas novidades.Mas primeiramente, uma explicação sobre o sumiço súbito.

O processo de planejamento, gravação e edição de um podcast requer muitas horas e perseverança para poder correr atrás de assuntos (ou no caso deste podcast, entrevistados), pesquisar para ter um bom "background", e horas e horas editando arquivos de áudio para poder fornecer algo de (espero) boa qualidade para vocês que nos honram com sua presença e apoio. Devido a algumas mudanças no trabalho (algumas promoções com mais responsabilidades e longas horas) e na vida pessoal (o nascimento de minha terceira filha, Iza), eu senti que não teria mais o tempo livre necessário para continuar o podcast sem que o mesmo não perdesse a qualidade das entrevistas ou áudio. Foi muito difícil simplesmente abandonar o projeto às moscas, sem sequer dar alguma explicação a vocês que sempre acompanhou o podcast... por isso, quero então pedir 1,000 desculpas e que perdoem esta minha falta de profissionalismo.

Durante os muitos meses que o podcast ficou parado, foram muitos os e-mails e comentários de amigos e ouvintes perguntando se o projeto estava realmente morto ou se existia alguma chance de trazê-lo de volta ao ar, e eu sempre respondi que estava sem tempo livre, nem mesmo para editar o áudio, então a resposta era não.

Alexandre Gaigalas: Yahoo

Alexandre Gaigalas: Yahoo

Seja bem-vindo à mais um episódio, desta vez com o Alexandre Gaigalas que trabalha como engenheiro de software da Yahoo no Brasil! Durante nosso bate-papo conversamos sobre o que ele faz na Yahoo, em quais projetos que trabalha, e acabei descobrindo que ele é mais um exemplo de uma pessoa que teve seu trabalho perante uma comunidade de software livre reconhecido, levando-o a ser indicado para trabalhar em uma companhia de nome! Conversamos sobre o recente anúncio que a CEO Marissa Mayer fez, declatando que não se poderá mais trabalhar remotamente na Yahoo, sobre o efeito que isso teve na moral dos empregados, e como que a sua vinda está transformando a companhia em uma empresa mais moderna e com mais atenção à qualidade de seus produtos e bem-estar de seus empregados.

Mais uma coisa bacana que aconteceu durante a gravação foi um commit que o Alexandre fez ao-vivo para o código do Respect Doc em homenagem ao podcast! :)

Edição de 2 Anos - Og Maciel: Red Hat

Edição De 2 Anos - Og Maciel: Red Hat

Usando um velho cliché, realmente parece que foi somente ôntem que eu e o Evandro, um dia batendo papo pelo Skype, resolvemos iniciar um programa de podcast para entrevistar as personalidades do mundo de software livre brasileiro, e tentar conhecer um pouco mais sobre os "bastidores" de suas vidas, seus gostos e desgostos. A idéia era fazer algo diferente e tentar passar para os ouvintes um pouco das coisas que afetaram a vida das pessoas que muitos só conhecem através de perfís online ou e-mails em listas de discussões... enfim, um podcast "bom para castálio"! Passados 50 episódios, no dia 16 de fevereiro este projeto completou 2 anos de vida!

Para comemorar este nosso marco histórico, resolvi atender os pedidos de alguns ouvintes e tentar novamente publicar uma entrevista comigo mesmo! Para as pessoas que acompanham o podcast, vocês devem se lembrar que o nosso episódio piloto foi comigo também, numa época onde ainda estávamos explorando um formato e testando as tecnologias que iríamos usar. Naquela época nem existia o Top 5 ainda! Então, uma vez que decidi fazer a entrevista "Part 2", eu precisava encontrar alguém para me entrevistar, já que o Evandro não participa desde o terceiro episódio. Duas pessoas se prontificaram a desempenhar este papel, todos eles amigos que me conhecem há alguns anos e mais que capazes de fazer perguntas interessantes... e no final eu pedi ao meu amigo KurtKraut (que já foi entrevistado aqui) para me entrevistar.

O nosso bate-papo, que foi publicado ao vivo pelo Youtube, rolou por mais de 1 hora, e durante estes 60+ minutos conversamos sobre a origem do meu nome, como que eu vim parar nos Estados Unidos há 21 anos atrás, minha carreira como programador, minha vinda para a Carolina do Norte, sobre o Ubuntu, compilando kernels, trabalhando na Red Hat, privacidade, e meu Top 5!

Luciano Ramalho: Oficinas Turing

Luciano Ramalho: Oficinas Turing

Um dias destes eu estava procurando documentação sobre umas coisas da linguagem python quando me deparei com uma apresentação do Luciano Ramalho, o entrevistado deste episódio deste episódio. O que me chamou atenção não foi nem tanto a qualidade do material ou a didática do mesmo, mas sim o fato do autor ser brasileiro E por ter feito tudo em inglês. Claro que, se você vive no Brasil e trabalha ou convive com quem trabalha com python, o nome do Luciano não lhe deve ser estranho. Mas para mim, que moro há 21 anos no exterior, foi uma descoberta super maneira!

Quanto mais eu pesquisei sobre ele, mais animado eu ficava em conhecer "a pessoa por trás dos slides" das apresentações Python - Encapsulation with Descriptors e Iterators & generators: the Python Way. Mais gostoso ainda foi descobrir que estas apresentações são inéditas no público brasileiro e serão apresentadas na PyCon americana este ano! Durante nosso bate-papo, o Luciano me contou como que foi a criação da Associação Python Brasil, quais foram seus primeiros objetivos e como foi o seu primeiro mandato como presidente da mesma. Também discutimos sobre os vários frameworks que existem para quem quer ser programador web com python, alguns fatos interessantes sobre o Zope, Plone, Flask, e Web2Py, e quais delas ele recomenda para quem está iniciando no mundo de programação.

Felipe Borges: Google Summer of Code

Felipe Borges: Google Summer of Code

Finalzinho do verão americano e no ar já se sente um pouco a vinda do outono e a volta às aulas. Nada melhor então que bater um papo com o Felipe Borges que está participando do Google Summer of Code pelo projeto GNOME!

Durante estes últimos meses o Felipe tem trabalhado no GNOME Documents, adicionando suporte para administrar e visualizar arquivos em dispositivos removíveis, e tendo como mentor o italiano Cosimo Cecchi. Mesmo com suas classes na universidade e as tarefas do próprio projeto, o Felipe ainda assim conseguiu trabalhar e implementar o que tinha sugerido com sua proposta, e ainda teve a oportunidade de apresentar seu trabalho no evento GUADEC 2012 que aconteceu em A Coruña na Espanha no mês de julho!

Durante nosso bate-papo ficou bem evidente que o Felipe não é o tipo de pessoa que fica esperando as coisas acontecerem, e corre atrás das coisas que lhe interessa. Este espírito questionador e meio que ativista ficou bem mais óbvio uma vez que conversamos sobre os seu Top 5, que conta com várias surpresas bem interessantes! Mal posso esperar o dia quando vou poder bater altos papos com o Felipe sobre política e assuntos diversos... quem sabe no próximo FISL?

Mais uma vez a gravação foi feita ao vivo pelo Youtube e se você quizer assistir a entrevista, veja este vídeo.

Flávio Ribeiro: Globo.com

Flávio Ribeiro: Globo.com

Eu gosto muito quando alguém me sugere um livro, filme, música ou pessoa para conhecer, e depois de trocar uns e-mails com meu amigo Yuri Malheiros na semana passada, decidi convidar o Flávio Ribeiro para uma entrevista! O Flávio é um engenheiro de software que trabalha na Globo.com no Rio de Janeiro (na entrevista parecia que ele estava sentado bem no meio de Interlagos hehehe) e está na equipe responsável por toda a área de streaming de conteúdo pela net!

Durante nosos bate-papo ele me contou sobre como que sua equipe usa a metodologia SCRUM para administrar e planejar suas tarefas, quais as tecnologias usadas internamente e como que o software livre faz parte do dia-a dia da companhia, que oferece vários incentivos para que seus empregados participem deste mundo! Ele também conta sobre sua recem viagem à Nova York para participar do evento Streaming Media East 2012 e sobre como foi passear por NYC já no comecinho do verão, tomar sorvete no parque, a decepção ao ver a Estátua da Liberade, e como é difícil acompanhar os jogos do Treze Futebol Clube lá do Rio de Janeiro!

Fábio Kung e Pedro Belo: Heroku

Fábio Kung E Pedro Belo: Heroku

Olá pessoal e sejam bem-vindos à mais um episódio, desta vez com dois convidados: Fábio Kung e Pedro Belo, que atualmente trabalham na companhia Californiana Heroku! Se você escutou os dois últimos episódios, você deve se lembrar que eu mencionei sobre esta companhia com o Henrique Bastos e Júlio Monteiro, e como que eu tenho usado os serviços que eles oferecem para hospedar e rodar alguns dos meus projetos. Então quando o Júlio se ofereceu para me apresentar ao pessoal da Heroku eu aceitei na mesma hora!

Nosso bate-papo foi super divertido, e mesmo com os três fusos de horário diferentes (o Fábio na California, Pedro no Texas e eu na Carolina do Norte) conseguimos conversar sobre vários assuntos, incluindo uma explicação sobre o que significa Plataforma como Serviço (PaaS), o que a Heroku tem para oferecer comparado com a competição, contratações no mundo do software livre, vida no exterior, caipirinhas, bicicletas, ping-pong e mais!

Júlio Monteiro: JobScore

Júlio Monteiro: JobScore

Depois de ter falado um pouco com pessoas que usam Python ou Django no seu dia-a-dia, eu decidi entrevistar alguém que trabalha com o framework Ruby on Rails para este episódio! Dentre as pessoas que eu conheço (online e pessoalmente) o nome do Júlio Monteiro foi o primeiro que passou pela minha cabeça.

Eu e o Júlio nos conhecemos na época que participávamos da comunidade Ubuntu Brasil, mas desde então eu tinha perdido um pouco de contato com ele, até descobrir que ele estava trabalhando para a JobScore com Ruby on Rails. A JobScore que tem sua sede em San Francisco na Califórnia, fornece um serviço de gestão de currículos, trabalhos e candidatos para aquelas companhias que querem contratar alguém mas não querem lidar com o processo de publicar as ofertas de trabalho ou gerenciar todos os e-mails que sejam enviados.

Durante nosso bate-papo, o Júlio então conta a sua jornada até a JobScore, tudo começando com uma queda da escada de sua casa! Depois de aprender HTML com uma revista que sua mãe comprou, ele tomou o gosto pela programação para web, e desde então não parou mais. Conversamos sobre como ele administrava aulas de Ruby, por que usa Ruby on Rails, seu dia-a-dia na JobScore, sua experiência em San Francisco, como que as companhias por lá dão mais valor aos empregados, e o seu Top 5!

Henrique Bastos: Welcome to the Django

Henrique Bastos: Welcome to the Django

Há mais ou menos 1 anos e meio atrás eu tinha começado a aprender a programar com o framework Django e durante minhas pesquisas pela net encontrei o projeto do Henrique Bastos: Welcome to the Django. Não demorou muito para ver a qualidade e o potencial que este curso oferece, e desde então eu tenho acompanhado o trabalho que o Henrique tem feito! Nesta última quinta eu tive a oportunidade de bater um bate-papo com ele via Skype, e entrevistá-lo para este episódio!

Tanto o Welcome to the Django quanto a Dekode, companhia que evoluiu da mesma, mostram o entusiasmo e a competência que o Henrique tem pelo que faz. Ambos projetos nasceram da sua vontade de compartilhar seu conhecimento acumulado nas áreas de programação e gestão de projetos com software livre, e foi muito interessante escutar sobre como cada um nasceu e evoluiu.

Gabriel Falcão: Yipit

Gabriel Falcão: Yipit

Olá pessoal e sejam muito bem-vindos ao episódio 32 do Castálio Podcast! Desta vez eu tive o enorme prazer de conversar com o Gabriel Falcão, desenvolvedor de vários projetos de software livre e que hoje mora em New York City.

A história do Gabriel é um excelente exemplo de como o mundo do software livre pode abrir as portas do mundo profissional para aqueles que são trabalhadores e competentes no que fazem! Começando pela universidade, quando o Gabriel escreveu o programa Guake para mostrar ao seu professor que haviam ferramentas bacanas para o GNOME, passando por sua estadia na Globo.com até chegar na Yipit em New York onde hoje trabalha com automatização de processos, este episódio é garantido de te deixar super animado ("ou eu não me chamo Raimundo Donato!!!")!

A parte mais impressionante para mim durante a entrevista foi o entusiasmo genuíno que o Gabriel tem pelo que faz! Do começo ao fim, e mesmo durante o nosso bate-papo depois que terminamos a gravação, a empolgação dele é super contagiante! Já combinamos de tomar um café este julho quando eu for à NYC visitar meus pais, e quem sabe, fazer um mini hack-a-ton?