Cristiano Costa: Hora do Mac

Cristiano Costa: Hora Do Mac

Atualização: Me esqueci novamente de colocar o link para o vídeo da entrevista: Youtube

Mais um dia de calor aqui na Carolina do Norte, e mesmo na correria desta semana eu consegui achar um pouco de tempo para entrevistar o Cristiano Costa, aka @caccac, do podcast Hora do Mac (HDM)! Quem ainda não conhece o HDM não sabe o que está perdendo!

O HDM começou à quase 4 anos no fimzinho de 2008 lá em Porto Alegre e desde então o podcast já publicou 82 episódios e só tem aumentado em tamanho de equipe (divertidíssima diga-se de passagem), qualidade de assuntos, e popularidade. Hoje em dia conta com uma base de usuários super fiéis e até mesmo aparece dentre os podcasts mais destacados no iTunes!

Mesmo tendo somente uma hora (meu almoço) para conversar com o Cristiano, ainda assim deu tempo de conversar sobre como que tudo começou e como que foi gravado o primeiro episódio no dia 20 de outubro de 2008. Conversamos sobre o processo de gravar um podcast e como que o podcast evoluiu nos últimos anos. Também falamos sobre como que muitos usuários de GNU/Linux são atraídos pelo Mac OS, consumismo de música, livros e conteúdo digital, sobre o seu blog e gosto pela gastronomia e vários outros assuntos!

Elvis Pfutzenreuter: Conectiva Linux

O episódio de hoje marca o início de um mini-projeto que estou planejando há algum tempo: conversar com o pessoal que iniciou e trabalhou nos primeiros anos da distribuição  Conectiva Linux! Ao longo das próximas semanas vou tentar entrevistar um membro desta distribuição que foi tão importante nos primeiros anos de internet no Brasil, e publicar um novo episódio fora da agenda, assim que sair do forno!

Para dar o pontapé inicial, bati um papo com o Elvis Pfutzenreuter, que trabalhou inicialmente como documentador e depois mantenedor nos primeiros anos de 2000. Durante nossa entrevista conversamos como foi que ele foi parar na Conectiva, como que era o dia-a-dia no escritório, a sua saída prematura, e sobre como o Brasil precisa de mais autoria e menos ideologia!